Beneficiário da Unimed Catanduva conclui maratona em busca de superação

Preparo teve início antes mesmo da pandemia; percurso foi realizado dentro da cidade

Beneficiário da Unimed Catanduva conclui maratona em busca de superação

Foto: UNIMED CATANDUVA - Nezuda completou a prova em três horas e quarenta e cinco minutos

Da Reportagem Local
Publicado em 18/11/2021

O coordenador de produção Agnaldo Fabrício Gonçalves, ou simplesmente Nezuda – como é mais conhecido, beneficiário da Unimed Catanduva, encarou um de seus principais desafios no sábado, dia 13: correr uma maratona de 42 quilômetros. A prova foi concluída em três horas e quarenta e cinco minutos, com 42,6 quilômetros percorridos.

 O Desafio 42km foi realizado dentro da cidade e faz parte de uma proposta de superação e de um sonho do próprio beneficiário e que teve o apoio e acompanhamento da cooperativa, com hidratação e orientação em todo o trajeto. O percurso teve início às 4h50, saindo da avenida Mogi das Cruzes, no Agudo Romão, com passagem por vários pontos.

A prova teve apoio da Guarda Civil Municipal e foi monitorada pela equipe multidisciplinar da Medicina Preventiva da Unimed Catanduva, que tem o acompanhado desde 2018.

Nezuda também teve o incentivo de colegas do grupo de corrida, que se dividiram e fizeram percursos de bicicleta, durante todo o trajeto, e a pé, com corridas de onze e seis quilômetros até a reta final, momento em que a emoção tomou conta de todos os presentes.

“Meu filho já participou comigo em corridas, depois minha esposa, que já chegou a correr 21 quilômetros. É um incentivo a mais ter a família ao lado. Além dos amigos que fiz aqui e que vou levar para sempre. O esporte fez de mim uma pessoa muito melhor”, ressaltou Nezuda. “Nunca me imaginei correndo mais do que cinco quilômetros. Cada prova é um desafio e procuro sempre melhorar a cada dia”, disse.

 No encerramento, Nezuda foi surpreendido ao ganhar troféu e medalha, entregues pela Unimed Catanduva, representada pelos médicos André Carlessi e Emmanuel Ortiz Afonso, responsável pela Medicina Preventiva. Ele também ganhou presentes de colegas do grupo de corrida. Os demais participantes receberam medalhas, entregues por representantes do departamento.

O INÍCIO

Nezuda joga futebol desde os 13 anos, mas foi em 2018, após uma palestra na empresa em que trabalha, a Herbicat, que conheceu a Medicina Preventiva. A palestra de ginástica laboral desempenhada pela educadora física Cíntia Zolin fez com que ele procurasse pelo serviço. Depois de passar por avaliação da equipe multidisciplinar, iniciou no grupo de corrida, em 2019.

O preparo para a maratona teve início antes mesmo do início da pandemia. “A intenção era correr a maratona de São Paulo. Porém, fomos pegos de surpresa e tivemos de rever a data, alinhando também aos períodos em que paramos totalmente as atividades em razão do distanciamento. Mantivemos o acompanhamento sempre, mesmo que de longe, e entendemos que ele estava pronto para o desafio”, disse a coordenadora da Medicina Preventiva, enfermeira Virgínia Bicudo Guardia Grandisoli.

Os programas desenvolvidos pela Medicina Preventiva estão alinhados ao projeto #Mude1Hábito, desenvolvido pelo Sistema Unimed, que propõe mudança de hábitos nos âmbitos esportivo, alimentar e de equilíbrio, para uma melhor qualidade de vida.

CURIOSIDADE

A Federação Internacional de Atletismo (IAAF — International Association of Athletics Federations) estabelece que a distância oficial da maratona deva ser de exatos 42,195 km (42 mil 195 metros), com um adendo de 42 metros. Nezuda concluiu a prova com 42,610 km.