Bax Catanduva renova com quatro atletas e confirma jogadora estrangeira

Comissão técnica do clube também foi mantida para a nova temporada

Bax Catanduva renova com quatro atletas e confirma jogadora estrangeira

Foto: Ellen Costa/Sesi Araraquara - Agenda do Bax Catanduva para a temporada 2022 está cheia

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 12/01/2022

O Bax Catanduva está se reestruturando para a temporada 2022. Quatro jogadoras renovaram seus contratos para permanecer no elenco e dois reforços foram anunciados: a ala/armadora Carol Ribeiro, 27 anos, que acumula passagens por Uninassau, Ituano e Santo André, e a ala/lateral argentina Ana Paz, 24, que atuou pelo Lanus, Hebraica y Macabi e Corrientes.

As renovações foram feitas com a ala/pivô e atual capitã do time Jennifer Sirtoli, que vai para sua terceira temporada no Bax; a ala/pivô Fernanda Sena, que chegou no ano passado; a pivô Lorraine, que está há quatro temporadas no time local; e a ala/armadora Thaissa Frediani, que defende a Cidade Feitiço há cinco temporadas.

“Renovamos com quatro atletas que a gente tinha vontade que permanecessem e agora a gente está trazendo outras jogadoras, inclusive a Ana Paz, argentina que é a segunda cestinha do campeonato uruguaio, a Carolzinha que tem vários títulos e que vem com muita vontade de representar as cores de Catanduva”, comentou a jogadora e dirigente Natália Burian.

Segundo ela, o clube também trabalha forte nos bastidores e prepara suas categorias de base feminina e masculina. “A gente conseguiu o apoio da Secretaria de Esportes do Estado, a Selj, em parceria com a Prefeitura”, detalhou a armadora.

Outra novidade, garante, é a participação da equipe no campeonato sub-23 da CBB, a Confederação Brasileira de Basquete.

Natália afirma que a agenda do Bax estará cheia este ano. “Vamos jogar a LBF, o Campeonato Paulista, Jogos Regionais, Jogos Abertos”. Apenas a Copa São Paulo está indefinida.

A comissão técnica do Bax também foi mantida para a nova temporada, com o técnico Cesamar Fernandes, a auxiliar-técnica Tati Motta e o preparador-físico Michael Andrecioli.

“O objetivo do Bax é estar entre os cinco melhores do país e continuar com a garra que sempre tivemos, conquistando cada vez mais o nosso espaço no cenário do basquete feminino”, frisa.