Rifa pode ajudar no tratamento de adolescente com Síndrome de Perisylviana

Ele também precisa de uma cadeira para carro que monitora a temperatura corporal

Rifa pode ajudar no tratamento de adolescente com Síndrome de Perisylviana

Foto: DIVULGAÇÃO - Será sorteada uma cesta da Cacau Show com várias opções de chocolates e trufas

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 15/10/2021

Uma rifa vendida em Catanduva tenta arrecadar recursos para ajudar o adolescente Kauã Salino, de 12 anos. Ele é portador da Síndrome de Perisylviana, malformação que compromete a região da fissura de Sylvius, causando distúrbios que afetam a fala e os sinais pseudobulbares, caracterizados pela dificuldade de assoprar e engolir, e também por comprometimento cognitivo e epilepsia.

A prima do adolescente, Bruna Salino, idealizou a rifa para ajudar com os gastos e, também, na compra de uma cadeira para carro que monitora a temperatura corporal e custa em torno de R$ 5 mil.

A rifa está sendo vendida por R$ 10 e será sorteada uma cesta da Cacau Show, contendo várias opções de tabletes de chocolate e trufas. Os interessados em abraçar a causa devem entrar em contato através do telefone (17) 99178-2630.