Museu reabre após um ano e cinco meses com ‘estreia’ de nova tela de Padre Albino

Obra foi produzida pelo ex-conselheiro prof. Nelson Oliani, in memoriam

Museu reabre após um ano e cinco meses com ‘estreia’ de nova tela de Padre Albino

Foto: FPA - Centro Cultural teve fachada revitalizada com iluminação de led

Da Reportagem Local

Após um ano e cinco meses fechado devido à pandemia de Covid-19, o Centro Cultural e Histórico Padre Albino - Museu Padre Albino reabriu ontem, dia 8. Segundo informações da diretora de Educação da Fundação Padre Albino, Cristiane Valéria da Silva Procópio de Oliveira, para retomada das atividades serão seguidos protocolos de segurança e prevenção.

Não é obrigatório agendamento prévio para visita; haverá aferição de temperatura na entrada; higienização dos calçados em tapete higienizador; limite de quatro visitantes por vez; distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e uso obrigatório de máscara.

Na reabertura, será exposta nova tela de Padre Albino, autoria do ex-conselheiro professor Nelson Oliani (in memoriam).

O agora Centro Cultural e Histórico Padre Albino, na Rua Belém, 647, revitalizou sua fachada com iluminação de led e a varanda ganhou nova imagem do Venerável Padre Albino. O horário de funcionamento é de segunda a quinta-feira, das 7h às 17h, e sexta-feira, das 7h às 16h. O local não fecha para o almoço. O telefone para informações é (17) 3522-4321.