Instituto Federal promove capacitação para famílias atendidas pela ONG Prateleira Solidária

Atividade envolveu docentes e alunos com objetivo de impactar a formação do estudante

Instituto Federal promove capacitação para famílias atendidas pela ONG Prateleira Solidária

Foto: IFSP CATANDUVA - IFSP promoveu minicurso de crochê, além de oficinas, recreação e reforço escolar

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 03/12/2021

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia - IFSP de Catanduva realizou entre os dias 9 de outubro e 30 de novembro projeto de extensão em parceria com a ONG Prateleira Solidária, que atende cerca de 200 famílias em situação de vulnerabilidade social.

Foram desenvolvidas atividades de formação e capacitação através de minicursos e oficinas, além de mapeamento das pessoas assistidas pela ONG, em relação ao histórico individual e coletivo de formação educacional, emprego atual e atividade profissional exercida.

O IFSP promoveu minicurso de crochê ministrado voluntariamente pela docente Rosemary Teixeira. “Foi uma experiência incrível fazer parte do projeto, mesmo que por um curto período. Senti o esforço e dedicação de cada pessoa, mesmo com as dificuldades do dia a dia”, comentou a educadora.

Foi ministrada oficina sobre cooperativismo, precificação dos tapetes, reforço escolar e recreação com filhos dos assistidos pela ONG. O IFSP promoveu também uma oficina de alimentação saudável, com palestra e exames físicos feitos pela nutricionista Carla Galbiati e pelo docente de Educação Física, Marcelo Velloso Heeren.

Alessandra Andrade Miguel, aluna bolsista, participou de todas as fases do projeto. “Poder participar de um projeto de extensão como aluna do IFSP só me fez ser mais observadora em relação a real necessidade das pessoas, podendo assim contribuir com sua formação integral e humana, sempre tentando trazer conteúdos importantes para o conhecimento de cada um. Achei muito lindo o projeto, que traz esperança e motivação para pessoas que já não queriam mais se capacitar e hoje algumas mulheres já se sentem mais valorizadas e sabem que podem continuar a se desenvolver e cuidar da sua saúde”, enalteceu.

Rafaela Franzini, coordenadora do projeto, ressaltou que uma das características das ações de extensão é impactar a formação do estudante. “Na nossa Instituição de Educação, o estudante adquire conhecimento não só através de conteúdos passados em sala de aula, mas através de experiências vivenciadas em projetos de ensino, pesquisa e extensão. Além disso, ao fazer parte desses projetos, o estudante tem a oportunidade de receber uma bolsa pelo trabalho.”

O encerramento dos trabalhos será através de live com a equipe executora e os extensionistas no dia 20 de dezembro, às 19h30, pelo canal do Youtube do IFSP Catanduva. A apresentação é aberta à comunidade, com acesso livre e gratuito.