IFSP Catanduva fará simulação da Assembleia Geral da ONU com transmissão ao vivo

O evento será online, com transmissão pelo Youtube do IFSP Catanduva

IFSP Catanduva fará simulação da Assembleia Geral da ONU com transmissão ao vivo

Foto: Arquivo O Regional - Projeto é uma ação de extensão do IFSP de Catanduva

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 05/10/2021

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia São Paulo (IFSP) de Catanduva vai realizar no dia 16 de outubro, às 16 horas, a 1ª Simulação 'Assembleia Geral da ONU', em referência à Organização das Nações Unidas. O evento será online, com transmissão pelo Youtube do IFSP Catanduva.

O projeto 'IFMUN: Política Internacional, Direitos Humanos e Simulações' é uma ação de extensão do IFSP de Catanduva, coordenado pelo professor Gabriel Terra Pereira, em parceria com os docentes Diógenes Sgarbi, Artur Andrade e Vágner Pereira.

“O propósito é debater com os integrantes temas de política internacional e Direitos Humanos, além de realizar simulações de debates de organizações internacionais como a ONU. Ressalta-se que toda a ação tem sua dinâmica voltada para o protagonismo dos participantes, que decidem coletivamente os temas e a estrutura dos debates. Atualmente temos cerca de 30 extensionistas entre estudantes e egressos de cursos do campus, além de voluntários do interior de Minas Gerais, Catanduva e cidades da região”, explica o docente Gabriel Terra Pereira.

Serão duas rodadas de debates. A primeira sobre a questão climática e do meio ambiente e, depois, sobre os refugiados no mundo contemporâneo. Estarão representados os seguintes países: República da África do Sul, República Federal da Alemanha, República Federativa do Brasil, República Popular da China, República de Cuba, República da Coreia, Estados Unidos da América, República das Filipinas, República Francesa, República Italiana, Japão, Nova Zelândia e Federação Russa.

“A partir dos temas serão propostas resoluções, ou seja, documentos de caráter oficial em que os países representados pelos extensionistas deverão se posicionar contra ou a favor. A atividade proporciona o contato do IFSP com a sua comunidade externa, permite a construção coletiva de temas relevantes e atuais, além de oportunizar a construção do consenso a partir da perspectiva democrática e dialogada”, completa o docente.

Toda a comunidade do IFSP está convidada a acompanhar os debates e conhecer um pouco mais do posicionamento dos países sobre os temas. O projeto é realizado desde 2019 e os interessados podem obter mais detalhes no link ifmunctd.wixsite.com/ifmunctd.