Hoje tem espetáculo ‘Nina e Carambola’ no Sesc Catanduva com entrada franca

Peça marcará a retomada das apresentações teatrais presenciais na unidade local

Hoje tem espetáculo ‘Nina e Carambola’ no Sesc Catanduva com entrada franca

FOTO: VIVIAN GRADELA - Ratinha Nina perde seus pais numa ratoeira e precisa encarar mundo hostil

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 05/12/2021

O Sesc Catanduva apresenta neste domingo, dia 5, às 10h30, o espetáculo de teatro para crianças e famílias 'Nina e Carambola', com a Cia da Casa Amarela. Os ingressos serão retirados no local, mas limitados. A classificação é livre e a entrada gratuita.

'Nina e Carambola' é uma delicada e divertida história sobre a ratinha Nina que acaba de perder seus pais numa ratoeira e agora tem que encarar o mundo hostil de ratos maiores, gatos e humanos. Nesse frágil momento de sua vida, depara-se com o faminto e cruel Gato Cinza. Entre fugas e batalhas, os dois descobrem muito em comum e passam a confrontar conceitos de sobrevivência no beco em que vivem.

A peça marcará a retomada das apresentações teatrais presenciais no Sesc Catanduva. Para os finais de semana seguintes, estão previstas mais duas exibições da companhia: 'Um Outro Lugar', no dia 12, e 'La Vie En Rose', no dia 19. As três montagens são premiadas e remetem ao recomeço, à superação e esperança com humor, poesia, delicadeza e sensibilidade.

A escolha do repertório foi muito bem pensada pelo grupo - que tem hoje mais de dez peças em cartaz - considerando o momento atual, sonhando tempos melhores daqui para frente.

Os três espetáculos mostram personagens que se encontram em situação de caos, dificuldades e desafios e precisam enfrentar obstáculos para sobreviverem, sempre com um olhar no futuro onde encontrarão uma nova vida, com autossuperação e realizações profundas.

Endereçada às crianças e todo o público, as peças da Cia da Casa Amarela sensibilizam, emocionam e divertem adultos também. Os temas foram selecionados pelos atores, dramaturgos, diretores e produtores Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues.