Dia de Nossa Senhora das Graças é celebrado neste sábado com sete missas na Catedral

Data será marcada pelo encerramento da Novena em homenagem à santa

Dia de Nossa Senhora das Graças é celebrado neste sábado com sete missas na Catedral

Foto: DIVULGAÇÃO - A Catedral Santuário Nossa Senhora Aparecida realiza hoje o encerramento da Novena em homenagem a Nossa Senhora das Graças

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 27/11/2021

Neste sábado, dia 27 de novembro, é celebrado o Dia de Nossa Senhora das Graças, também conhecida como Nossa Senhora da Medalha Milagrosa e Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças. A data será marcada pelo encerramento da Novena em homenagem à santa, na Catedral Santuário Nossa Senhora Aparecida.

Este ano, a novena completou 60 anos e teve como tema Salve Rainha. “A participação das pessoas foi muito grande. Durante esses 60 anos as pessoas têm vindo muito à Catedral, colocam-se diante de Deus, pedem a proteção de Nossa Senhora das Graças, então tem sido de fato, um momento de Deus em nossa vida. O pessoal tem contribuído também com doações de alimentos, fraldas geriátricas, produtos de higiene, que depois partilhamos com instituições da cidade”, destaca padre Jonas Pimentel.

O padre afirma que a novena superou as expectativas. “No ano passado, nós tivemos metade das pessoas que costumam vir, esse ano tivemos aumento, principalmente, no Tríduo, as pessoas estavam muito sedentas, buscando a Deus, foi um momento muito bom. Esse ano com o tema Salve Rainha celebramos uma oração tão bela, profunda, milenar e ajudou demais a nos aproximarmos de Deus pela presença de Maria.”

No encerramento da Novena de Nossa Senhora das Graças, será realizada a benção das flores. “Todo mundo vai levar suas flores para a igreja, formaremos um grande jardim em homenagem a Nossa Senhora das Graças e realizaremos uma prece especial.”

De acordo com o religioso, serão sete missas no total, às 5h30, 7h, 11h30, 15h, 18h30 e 20h. As celebrações seguem todos os protocolos sanitários contra a Covid-19, sendo indispensável o uso de máscara de proteção, álcool em gel e distanciamento entre os fiéis.

HISTÓRIA

Maria é reconhecida pela Igreja como portadora das graças desde que Deus a escolheu para gerar em seu ventre e trazer Jesus Cristo à humanidade. No ano de 1830, segundo a noviça Catarina Labouré, da Congregação de São Vicente de Paulo na França, a mãe do filho de Deus revelou-se a ela em uma visão como Nossa Senhora das Graças. O fato ocorreu em Paris no dia 27 de novembro, numa capela localizada na rua Du Bac, 140.

Na revelação, Nossa Senhora das Graças estava rodeada por uma moldura oval com inscrições em ouro e outros detalhes que, posteriormente, Catarina Labouré buscou confeccionar conforme as suas lembranças, o que ficou conhecido como medalha milagrosa. A noviça que contemplou Nossa Senhora das Graças faleceu em 1876 e foi canonizada em 1947 pelo para Pio XII como Santa Catarina Labouré.