Catedral realiza solenidade em homenagem à Santa Maria Mãe de Deus

Evento é uma tradição da igreja Católica, celebrado sempre no primeiro dia do ano

Catedral realiza solenidade em homenagem à Santa Maria Mãe de Deus

Foto: DIOCESE DE CATANDUVA - Missa na Catedral Nossa Senhora será celebrada na sexta-feira e no sábado

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 29/12/2021

A Catedral Santuário Nossa Senhora Aparecida vai realizar uma solenidade de Santa Maria. O evento é uma tradição da igreja Católica, celebrado sempre no primeiro dia do ano, oito dias após o Natal, em que se comemora a Santa Maria, mãe de Deus.

“A igreja quer começar o ano junto com Maria. Nós a proclamamos como a Santa Mãe de Deus, essa solenidade é motivo de ação de graças pelo ano que está se encerrando, e neste ano de 2021 acho que a humanidade não passou por algo tão desafiante. A motivação é agradecer pela nossa saúde, família, e, até mesmo, pelas provações. Muitas pessoas falam ‘Padre, neste ano só quero agradecer’ e, de fato, diante de tudo o que nós passamos é um momento oportuno para isso”, explica padre Jonas Pimentel.

Ele explica ainda o significado da solenidade para os fiéis. “A igreja faz questão de iniciar o ano junto com Maria, mãe de Deus e de toda a humanidade. Ter Maria como mãe é uma experiência de espiritualidade, para nós católicos quando nós rezamos com Maria fica diferente a nossa oração, intimidade com Deus, proximidade com o Senhor.”

Padre Jonas destacando a importância da reza pelo intermédio da Santa Maria. “Nós pedimos no começo desse ano à Maria, mãe de Deus, nossa mãe, para que ela cuide do novo ano para que a gente vire a página dessa pandemia que tanto tem afetado e cuide de nossos lares, família, projetos. Nós queremos iniciar o ano na graça, proteção, amparo e colo de nossa mãe. Por isso nós clamamos, suplicamos e pedimos que no primeiro dia do ano nossa mãe seja intercessora. Lembro que lá em quando quanto tínhamos qualquer pedido especial, ligávamos na casa da minha avó, ela rezava muito, era uma senhora de muita oração. Antes de fazermos a oração, pedíamos para ela rezar, porque sabíamos que ela estava rezando. Padre Zezinho tem uma canção que fala ‘se nós pudermos rezar pelos outros, a mãe de Jesus pode muito mais’.”

A solenidade será na sexta-feira, dia 31 de dezembro, e no sábado, dia 1º de janeiro. A missa vai seguir todos os protocolos sanitários contra a Covid-19, sendo indispensável o uso de máscara de proteção.

HISTÓRIA

Esta é a primeira festa mariana que surgiu na igreja Ocidental, começando a ser comemorada no século VI em Roma. O dia proclama solenemente a Santa Maria como a verdadeira Mãe de Cristo, o Filho de Deus. Poucos dias após o nascimento de Cristo e logo no início de um novo ano, a festa da solenidade é uma oportunidade para todos os católicos pedirem a proteção da Virgem Maria para o ano que se segue.

A leitura da liturgia nesse dia faz referência à visita dos pastores à manjedoura de Jesus, enquanto Maria guardava em si todos os factos sobre o nascimento de Cristo e meditava sobre eles no seu coração. Naquele que é também o Dia Mundial da Paz, as pessoas são convidadas a colocar os olhos na Mãe de Deus, no mistério da encarnação, e a renovarem toda sua fé para o novo ano.