Catanduvense que vive na Irlanda lança livro escrito durante lockdown

Obra aborda a influência religiosa, descoberta de sexualidade e abuso sexual

Catanduvense que vive na Irlanda lança livro escrito durante lockdown

Foto: ARQUIVO PESSOAL - Autor nasceu em Catanduva e vive atualmente na Irlanda

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 12/01/2022

Foi durante o primeiro período de lockdown na Irlanda, em longos 81 dias, que o catanduvense Renan Willian, que assina R.W Costa, escreveu o livro 'A empatia'. A obra conta a história de Carter, fruto de uma gravidez inesperada que, durante a infância, vivenciou a separação repentina dos pais e a morte do avô e da mãe, eventos que desestruturaram sua família.

Influência religiosa, descoberta de sexualidade e abuso sexual fazem parte da adolescência do garoto, que busca ajuda no período em que está na universidade, ao mesmo tempo que vive um romance. O livro é dividido em capítulos que apresentam outros personagens que fazem parte da vida de Carter, com um olhar individual de cada um sobre os acontecimentos da trama. 

Renan Willian nasceu em Catanduva, em 1995. De família e origem humilde, estudou em escolas públicas em todos os níveis de educação, tornando-se Licenciado em Matemática pela Unesp. Em busca de novas experiências, o professor mudou-se para a Irlanda. Seu livro de estreia, 'A empatia', tem 146 páginas, e pode ser adquirido no site da Editora Viseu (eviseu.com).