< Back

Tradicional, escola Barão do Rio Branco passa por reforma e encanta catanduvenses

Uma das melhorias mais esperadas foi a instalação de forro no pátio

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: Divulgação - Pintura externa renovou a aparência do Barão, enaltecendo sua beleza

Da Reportagem Local

Referência no ensino e para a história de Catanduva, a escola estadual Barão do Rio Branco passou por reformas a partir de investimento do Programa Dinheiro Direto na Escola - PDDE. O recurso é disponibilizado pelo Governo do Estado a todas as unidades da Rede Estadual de Ensino, com objetivo de prestar assistência financeira suplementar e melhorias físicas e pedagógicas.

Dirigente regional de Ensino, a professora Luciana Bianchin Lopes Pereira relata que tanto o recurso PDDE Paulista recebido pelo Governo Estadual quanto as obras realizadas pela Fundação para o Desenvolvimento da Educação - FDE, que visa à conservação dos prédios escolares, oportunizou que as escolas estaduais da região repaginassem o espaço externo e interno.

“Proporcionando aos servidores, docentes e estudantes um ambiente mais agradável, aconchegante, seguro e, principalmente, propício para desenvolver as atividades inerentes ao calendário escolar”, afirma a educadora.

No caso do Barão, a pintura externa renovou a aparência da escola, enaltecendo sua beleza. A reforma agradou a comunidade escolar, como também o público externo, caso do ex-aluno do ano de 1973, Benedito Jesus Bertolo, 66, que vendo a beleza externa teve vontade de entrar e fazer uma visita, quando foi recebido e acompanhado pelo diretor Ricieri José Brambilla.

Uma das melhorias mais esperadas foi a instalação de forro em toda a área coberta do pátio da escola, pois além de melhorar a aparência, facilitou a manutenção da limpeza e passou a evitar a entrada de animais pelo telhado, que era um problema frequente da escola.

Wivian e Vitor Alexandre, estudantes do 6º ano C, relataram que “o ambiente ficou mais bonito, limpo e claro”.

A pintura da quadra poliesportiva deixou as marcações mais evidentes e de fácil identificação para estudantes e professores. A professora de educação física, Cristiane Volpi, relatou que o ambiente da quadra está mais agradável e adequado para a prática de atividades esportivas.

A reforma completa dos banheiros de uso dos estudantes tornou o ambiente mais iluminado, arejado e moderno, proporcionando facilidade na manutenção da limpeza e higienização do local.

Com a verba, o Barão também adquiriu materiais e insumos para adequação às normas de segurança previstas para o enfrentamento à Covid-19, proporcionando retorno mais seguro aos alunos e docentes.

Os bebedouros de água dos alunos, localizados no pátio, e a aquisição de novos bebedouros de metal, foram essenciais para o cumprimento dos protocolos.

As torneiras de pressão foram substituídas por torneiras comuns, onde ao invés de os alunos beberem a água diretamente na torneira eles passaram a encher suas garrafinhas ou copos de uso pessoal. Segundo a aluna Yasmin, do 6º ano A, “os bebedouros estão novos, limpos e a água sai bem gelada”.

Para garantir e facilitar o acesso dos alunos às aulas remotas do Centro de Mídias da Educação de São Paulo (CMSP), a Secretaria da Educação adquiriu televisores que foram instalados nas salas de aula para a transmissões das atividades remotas e vídeos preparados por professores e alunos.

Mayra Tezini Camilo, professora de Química, disse ter gostado muito e ficou feliz com os novos equipamentos, pois isso facilita a transmissão de conteúdo diferenciado para os alunos, o que impacta na qualidade das aulas, deixando-a mais atrativa e melhorando a interação.

Luciana Bianchin destaca, ainda, que todas as escolas estaduais de Catanduva e Região receberam recursos do PDDE Paulista para a transformação das unidades de ensino, pensando no acolhimento e bem-estar dos estudantes e da comunidade escolar.