< Back

Rodovias paulistas têm policiamento rodoviário reforçado no feriado prolongado

Será empregado todo o efetivo operacional nos mais de 5.409 km da malha paulista

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: DIVULGAÇÃO - Prioridade do policiamento é reduzir sinistros nas rodovias e salvar vidas

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 22/12/2021

O 3º Batalhão de Polícia Rodoviária, junto com o Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), segmento especializado da Polícia Militar de São Paulo, alinhado ao programa 'Respeito à Vida', desencadeará a Operação Natal 2021 de 23 a 26 de dezembro, quinta-feira a domingo. Estão previstas ações de implemento ao policiamento para proporcionar mais segurança nas rodovias.

Será empregado todo o efetivo operacional, diuturna e estrategicamente, nos mais de 5.409 km da malha rodoviária paulista nas regiões de Araraquara, Rio Claro, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, direcionado às áreas de incidência criminal e de sinistralidade viária, de forma a aumentar a percepção de segurança de todos os usuários que necessitem fazer deslocamentos. O trabalho será feito de forma conjunta com as concessionárias, DER, Artes e outros parceiros.

“Durante todos esses dias, a atuação do Policiamento Rodoviário buscará sedimentar condições de trafegabilidade cada vez mais seguras, conscientes e humanizadas, com foco na fiscalização da questão comportamental do motorista, posto que a falha humana constitui-se como a principal causa de sinistros de trânsito (90%, segundo a OMS)”, informa a PM, em nota.

A prioridade, segundo a Polícia Rodoviária, é coibir as infrações de trânsito para reduzir sinistros nas rodovias e salvar vidas. Um dos focos é a embriaguez ao volante, infração que prevê multa e suspensão do direito de dirigir. “A presença de álcool no organismo do condutor, por si só altera sua capacidade de dirigir e potencializa os riscos de sinistros de trânsito”, frisa.

Também serão observados os limites de velocidade nas vias, inclusive no período noturno, e uso indevido do celular ao volante – que ocasiona distração visual e cognitiva do condutor.

A Polícia Rodoviária ainda reforça o alerta a pedestres e ciclistas. “No período noturno há maior risco de atropelamentos de pedestres pela carência de iluminação e, ao mesmo tempo, alguns pedestres ainda insistirem em cruzar as vias em regiões de alto volume de tráfego, razão pela qual o Policiamento Rodoviário adota campanhas educativas e distribuição de coletes refletivos, como estratégicas mitigadoras de sinistros.”