< Back

Projeto Cidadão do Futuro completa 25 anos de atendimento a jovens e adolescentes

História começou por iniciativa do Ministério do Exército no ano de 1991

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: DIVULGAÇÃO - Equipe do Cidadão do Futuro é responsável por acolher e formar jovens catanduvenses

Da Reportagem Local

O Programa Beneficente Criança Cidadão do Futuro, organização da sociedade civil inaugurada em 25 de agosto de 1996, completa 25 anos de existência esta semana. A entidade tem como foco a preparação de jovens em situação de vulnerabilidade social e pessoal, priorizando a formação da cidadania, qualificação profissional para inserção no mundo do trabalho e também o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos com os familiares.

A OSC Cidadão do Futuro teve origem por iniciativa do Ministério do Exército, que sentiu a necessidade de se envolver com a população, fazendo o atendimento aos jovens carentes em situação de risco social para prevenir futuros problemas sociais. Do ano de 1996 a 2000 ficou sediado no TG-012 de Catanduva, atendendo até 250 adolescentes.

A partir do ano de 2000, com parceria da empresa Citrovita, foi alugado o imóvel situado à rua Guaporé, nº 720, onde permanece com seu atendimento até hoje. A abrangência aumentou ano a ano, em razão do interesse das famílias em busca de vagas, chegando a 800 alunos.

Desde 2018, segundo a direção da entidade, os atendimentos foram reduzidos, em razão de adequações que foram necessárias em relação a situação financeira.

“A partir de 2020, com a situação da pandemia, em cumprimento às medidas exigidas pelo Ministério da Saúde, realizamos atendimento à distância, preservando a saúde dos alunos e dos profissionais da entidade”, comenta a presidente professora Eliete Estevam Gomes.

Estão em continuidade os cursos on-line de Assistente administrativo, Almoxarife, Gestão Empresarial e Rotinas Administrativas e Marketing Digital e Publicidade.

Em 2021, o Cidadão do Futuro permaneceu com aulas on-line até julho, e de acordo com o Decreto Municipal nº 8.041 de 30 de julho de 2021, retomou as atividades presenciais com a capacidade reduzida de 35% dos jovens a partir de 2 de agosto.

“Nossos jovens e adolescentes, mesmo em situação de pandemia, sempre estiveram participativos e ativos nas aulas online, junto aos professores e toda a equipe de trabalho.

Na OSC Cidadão do Futuro, tudo é realizado com amor, respeito e carinho. Junto com a direção e equipe, continuaremos nosso trabalho focados na fé e no amor ao próximo”, completa a educadora.