< Back

Por prevenção, Imes Catanduva mantém aulas à distância no início do segundo semestre

Opção pelas aulas em formato remoto seguiu consulta feita a docentes e estudantes

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: Divulgação - Apenas as aulas práticas laboratoriais e atendimentos clínicos serão presenciais

Guilherme Gandini
Editor-Chefe

O Instituto Municipal de Ensino Superior – Imes Catanduva iniciará as aulas do segundo semestre na próxima segunda-feira, dia 2 de agosto, ainda com o modelo de ensino à distância. A medida é preventiva e valerá para as atividades teóricas. Já as aulas práticas laboratoriais, estágios e atendimentos da área da saúde serão presenciais.

De acordo com a professora Maria Lúcia Miranda Chiliga, diretora do Imes Catanduva, a opção pelas aulas em formato remoto seguiu consulta feita a docentes e estudantes. “Conversamos com os coordenadores dos cursos e muitos ainda não tomaram a segunda dose, e muitos alunos também não foram vacinados, e não se sentem protegidos ou à vontade em voltar”, explica.

Segundo ela, também pesou a decisão pesquisa feita com outras instituições de ensino da cidade e região. A educadora frisa, entretanto, que a medida pode ser revista, conforme o avanço da vacinação entre professores, funcionários e alunos. “Não sabemos se iremos até o final do ano desta forma, vamos acompanhar o andamento da vacinação e da ocupação hospitalar.”

Apesar de manter os alunos em casas, Maria Lúcia relembra que a instituição não segue o modelo de ensino à distância, com aulas pré-gravadas. “As aulas remotas do Imes são ministradas no horário das aulas, como se os alunos estivessem na faculdade. Eles acessam e o professor está dando a aula em tempo real, podendo fazer perguntas e tirar dúvidas”, frisa.

O Imes Catanduva está com seis turmas com aulas em andamento, nos cursos de Direito, Ciências Contábeis, Nutrição, Psicologia, Fisioterapia e Odontologia.