< Back

Pais criam vaquinha virtual para custear tratamento da filha com tumor de Wilms

Estella Galiano da Silva, de Catanduva, possui tumor maligno originado no rim

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: Arquivo Pessoal - Bebê foi submetida a uma cirurgia, onde foi introduzido um cateter no peito e iniciada a quimioterapia

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local

Foi criada uma vaquinha virtual em prol da Estella Galiano da Silva, de um ano e quatro meses, de Catanduva. A bebê nasceu com tumor de Wilms, também conhecido como Nefroblastoma, um tumor maligno originado no rim. É o tipo de tumor renal mais comum na infância e pode acometer um ou ambos os rins – no caso de Estella é bilateral, ou seja, nos dois rins.

O tratamento foi iniciado no dia 7 de junho e Estella foi encaminhada para o Hospital Boldrini em Campinas. A bebê foi submetida a uma cirurgia, onde foi introduzido um cateter no peito e iniciada a quimioterapia. Atualmente, Estella está na sexta sessão de quimioterapia e terá que ser submetida a uma nova cirurgia para retirar o rim esquerdo.

A pequena realiza acompanhamento médico semanalmente, todas as quintas-feiras, em Campinas. Para custear o tratamento e despesas, a família criou uma vaquinha virtual. De acordo com o pai de Estella, Junior da Silva, não há um valor fixo.

Os interessados em contribuir podem acessar o link vakinha.com.br/vaquinha/juntos-pela-estella ou realizar um PIX diretamente para (17) 99232-7640.