< Back

Operação Finados começa na sexta-feira com reforço no policiamento rodoviário

Foco da fiscalização é a questão comportamental do motorista para evitar acidentes

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: DIVULGAÇÃO - Estradas da região terão o policiamento intensificado neste feriado

Da Reportagem Local
Publicado em 27/10/2021

A Polícia Militar Rodoviária realizará a partir da próxima sexta-feira, dia 29, a Operação Finados 2021. A ação será desencadeada em todas as estradas paulistas até a meia-noite do feriado de terça-feira, dia 2 de novembro. O policiamento ostensivo será reforçado para reduzir crimes e prevenir acidentes.

Durante o período, serão realizadas ações para coibir a embriaguez e uso do celular ao volante, exigir respeito aos limites de velocidade e dar orientações aos pedestres e ciclistas.

A mobilização policial está alinhada ao programa 'Respeito à Vida - São Paulo Dirigindo com Responsabilidade' e à Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2021-2030 (ONU).

“O Policiamento Rodoviário continua presente com todo o efetivo operacional empregado, diuturna e estrategicamente, nos mais de 22.000 km de rodovias estaduais, direcionado às áreas de incidência criminal e de sinistralidade viária, de forma a aumentar a percepção de segurança de todos os usuários”, informou em nota a PM.

O órgão ressalta, ainda, que o foco da fiscalização é a questão comportamental do motorista, já que a falha humana se constitui como a principal causa de sinistros de trânsito, chegando a 90%, segundo a Organização Mundial de Saúde, a OMS.

A infração de trânsito de embriaguez, por exemplo, pune o motorista com multa de R$ 2.934,70 e com a suspensão do direito de dirigir. A presença de álcool no organismo do condutor altera sua capacidade de dirigir e potencializa os riscos de sinistros de trânsito.

Já o uso de celular enquanto dirige é uma das principais causas de acidentes nos dias atuais, pois ocasiona uma distração visual e cognitiva do condutor, ou seja, há perda completa da atenção durante o processo de dirigibilidade.

ATROPELAMENTOS

A PM programa abordagens para orientar pedestres e ciclistas. No período noturno, é maior o risco de atropelamentos pela carência de iluminação e, ao mesmo tempo, alguns pedestres, ainda insistem em cruzar a via em regiões de alto volume de tráfego. O tema é alvo frequente de campanhas educativas.