< Back

Foragidos, 70 detentos não retornam do benefício da saidinha temporária na região

A próxima saidinha neste ano deve ocorrer entre o Natal e o Réveillon

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: REPRODUÇÃO - Reeducandos do CPP rio-pretense que não voltaram da 'saidinha' são considerados fugitivos pela Justiça

Da Reportagem Local

Detentos do Centro de Progressão Penitenciaria (CPP) de São José do Rio Preto, que foram beneficiados com a saidinha temporária, deveriam retornar até as 16 horas do dia 20 de setembro. Dos 1.545 que foram liberados, entretanto, 70 reeducandos não retornaram para o CPP e já são considerados foragidos da Justiça.

Já no Centro de Ressocialização Feminino de Rio Preto, todas as 42 presas que foram beneficiadas com a saidinha retornaram no período estabelecido. Os foragidos, caso sejam localizados pela polícia, perdem automaticamente o direito ao benefício.

No ano, são previstas cinco saídas temporárias, mas em 2021 o calendário foi modificado devido à pandemia da Covid-19. Essa é a terceira vez que os detentos recebem o benefício no Estado de São Paulo, as anteriores aconteceram nos meses de maio e junho.

Ainda para esse ano está prevista pelo Poder Judiciário uma saidinha entre o período de Natal e Ano Novo.