< Back

FAC pede ajuda para alimentação, exames e remédios de 30 gatos resgatados

CCZ fornecerá kits de castrações e a ONG ficou responsável por tratar animais e conseguir lares temporários

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

FOTO: DIVULGAÇÃO - Resgate ocorreu no dia 8 de outubro em parceria com o Centro de Zoonoses

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local
Publicado em 28/10/2021

A Focinhos Amigos de Catanduva – FAC, em parceria com o Centro de Zoonoses de Catanduva, realizou no dia 8 de outubro o resgate de 30 gatos que foram encontrados em condições insalubres.

“Esse caso se trata de uma senhora que foi interditada judicialmente por questões de saúde e sanidade mental, ela não tem mais condições de se cuidar sozinha e, infelizmente, ela não tem parente próximo. Ela foi encaminhada a um asilo. Neste momento, a parte de assistência social descobriu a quantidade de animais que ela tinha, então, foi onde pediram o apoio do Centro de Zoonoses para resolver a situação. Após avaliarem o caso, o CCZ entrou em contato com a FAC e pediu ajuda para fazer algo por esses animais”, explica Raíssa Betiol, da FAC.

O CCZ se responsabilizou em fornecer os kits de castrações e a ONG está responsável pela mão de obra veterinária, tratamento dos animais e por conseguir lares temporários até finalizar o tratamento de todos. “Todos os animais estão doentes, debilitados, com muito verme, estão em situação deplorável”, destaca Raíssa.

A FAC conseguiu parceria com um veterinário e a mão de obra para castração será gratuita, porém, a ONG pede ajuda no custeio de alimentação, medicações, tratamentos.

“A gente não vai ter custo com castração, só que todo o restante do tratamento e as despesas que requer para manter um animal serão de responsabilidade da ONG. Temos despesas com consultas, hemogramas, suplementação. Muitos dos animais nasceram com deficiência, então também vamos ver se algo precisa ser feito e também requer exames, tratamentos e tudo mais. Também precisamos de areia para os gatos, produtos de limpeza, sachê, ração, remédio, tudo aquilo que vocês sabem que precisa para tratar de um animal. Precisamos muito de ajuda, tanto em dinheiro, como em produtos. Temos parceria com veterinários, mas infelizmente a gente não tem nada de graça, tudo é pago, não temos ajuda financeira de órgão público ou privado. Tudo o que fazemos é com ajuda, parceria e doação de todos vocês, sem doações não conseguimos seguir”, finaliza Raíssa.

Os voluntários da FAC estão arrecadando medicações (rinotraqueite, glicopan), sachê e vermífugo para gatos, ração adulto e filhote sem corante, areia higiênica, produtos de limpeza (cloro, sabão, etc), além de quantia em dinheiro para custear consultas e hemogramas.

Os interessados em contribuir podem realizar um PIX para 390.577.978-10 (Nínive). As doações também podem ser entregues nos pontos de coleta: Fiit Store (rua Minas Gerais, 378); Uai pet shop (rua Bahia, 362) e Patudos (Av. Engenheiro José Nelson Machado, 2.455). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (17) 99766-4340.