< Back

Escolas municipais preparam rotina preventiva para retorno das aulas presenciais no dia 2

Frequência dos estudantes não será obrigatória, conforme estabelece o Plano São Paulo

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: DIVULGAÇÃO - Percentual permitido de alunos em sala de aula será de até 35%

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local

As aulas presenciais da Rede Municipal de Ensino de Catanduva serão retomadas no dia 2 de agosto. Nessa etapa, a frequência dos estudantes não será obrigatória, conforme estabelecem as fases Vermelha e Laranja do Plano São Paulo.

Em entrevista ao Jornal O Regional, Marli Amaral, diretora da Escola Municipal Prof.ª Lázara Milhorança, falou sobre a retomada segura das aulas.

“Nós fizemos reuniões e passamos todas as orientações recebidas para os pais sobre como deverá ser esse retorno seguro, que a principio, estará disponível no portão da escola. Os pais deixarão as crianças, os alunos ficarão enfileirados de acordo com a série, com distanciamento de um metro. Além disso, foram enviados todos os EPI’s para as escolas, há disponíveis máscaras extras para alunos.”

A diretora também destacou que, caso o aluno esteja com a temperatura corporal superior a 37,5 graus, ele será encaminhado para uma sala separada, os pais serão comunicados e a criança deverá ser retirada do local.

“Disponibilizaremos álcool 70% em gel e líquido que será reposto diariamente e as funcionárias vão limpar as salas de três em três horas”, frisa.

Segundo a secretária de Educação, Cláudia Cosmo, a capacidade de 35% nas escolas está prevista até o dia 10 de setembro. Posteriormente, as escolas poderão receber um número maior de alunos.

“Neste momento as escolas municipais retornarão com 35% dos alunos na sala de aula, refeitório e centro de convivência. Essa limitação de capacidade será válida até o dia 10 de setembro. Nós acreditamos que com o avanço da vacinação e protocolos sanitários gradativamente esse percentual possa ser ampliado e até o final do ano receberemos 75% dos alunos”, completa.

No caso dos alunos que permanecerão em casa, atendendo ao pedido dos pais ou por conta do revezamento, as atividades remotas serão orientadas pelos professores na Plataforma DemandaNET e nos grupos de WhatsApp.

As equipes das mais de 30 instituições de ensino da rede municipal serão responsáveis pelo registro e monitoramento de possíveis casos de Covid-19. Para o retorno seguro, os docentes realizarão atividades preparatórias para essa nova etapa da educação.

METODOLOGIA

Nas primeiras seis semanas de atividades presenciais, o percentual permitido de alunos em sala de aula será de até 35%, para garantir o distanciamento de um metro nos espaços de convivência. As turmas serão divididas em três grupos que farão o revezamento.

Cada grupo só poderá frequentar a aula presencial na respectiva semana, conforme o cronograma que será apresentado aos pais.

A partir de 10 de setembro, 50% dos alunos poderão frequentar as aulas presenciais em todas as etapas da educação – Infantil, Fundamental e Médio.