< Back

Consumidores e lojas podem se preparar para a Black Friday

Especialista em e-commerce diz que empresários precisam ter planejamento anual

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: TECHTUDO - Sites de comparação de preços e extensões de navegador são bons aliados

Da Reportagem Local
Publicado em 01/11/2021

Todos os anos é comum ver e ouvir reclamações de consumidores contra lojas virtuais quando ocorre a Black Friday. Por conta das promoções, as plataformas sofrem com a explosão de acessos. Se o sistema não estiver operando em boas condições, o site pode sair do ar e o prejuízo está feito.

De acordo com dados do Reclame Aqui, na última Black Friday o número de reclamações aumentou 45% logo nas primeiras horas do evento. O dado deixa algumas lições tanto para empresas quanto para consumidores.

A partir disso, o especialista em e-mail marketing, e-commerce e CEO da Mailbiz, Vinicius Correa, listou dicas que podem ajudar os dois lados.

Segundo ele, é importante que o consumidor se certifique de que a loja de fato existe e funciona. “Na própria página, veja se consta o endereço físico da empresa e se é fácil encontrar os contatos em caso de problemas. Buscas nas redes sociais também são indicadas. Também é possível fazer consultas no site do Procon e Reclame Aqui. Uma reputação ruim é prenúncio de problemas.”

Outra recomendação é preparar uma lista com os produtos ou serviços que deseja adquirir e qual valor pretende gastar. “Aplicativos de sites de comparação de preços podem ser bons aliados neste momento”, diz Correa.

EMPRESAS

O especialista orienta o empresário a garantir boa plataforma de compra e ter planejamento anual para todas as datas com apelo para compras. É preciso entender quais as limitações e ferramentas disponíveis para garantir uma boa experiência para os consumidores.

Outro tema: a propaganda enganosa é problema sério. “Quando se trata de e-commerce, é fundamental que as empresas desenvolvam relacionamentos duradouros com os clientes. É mais barato e gera um ciclo virtuoso interessante para qualquer negócio. Saiba que se prometeu, é preciso cumprir. Este lema deve ser prioridade para as marcas.”