< Back

Catanduva registra queda de 19% nos casos de lesão corporal culposa no trânsito

Ocorrências diminuíram de 323 para 261 em comparação com o ano passado

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: ARQUIVO/O REGIONAL - Crime se refere aos casos de imprudência, negligência ou imperícia

Da Reportagem Local

Estatística das Secretaria Estadual de Segurança Pública demonstram queda de 19% nos registros de lesão corporal culposa por acidente de trânsito em Catanduva, nos primeiros sete meses de 2021. Os dados foram levantados pela reportagem do Jornal O Regional.

As ocorrências diminuíram de 323 para 261 no comparativo. Este ano, foram 31 registro em janeiro, 34 em fevereiro, 35 em março, 38 em abril, 39 em maio, 34 em junho e 50 em julho.

Por outro lado, no ano de 2020, os dados indicam que 48 registros no mês de janeiro, seguido por 54 em fevereiro, 63 em março, 29 em abril, 25 em maio, 54 em junho e 50 em julho.

Ainda de acordo com as informações da SSP, os acidentes de trânsito envolvendo motocicletas são os que mais causam vítimas e lesões no município.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), comete o crime de lesão corporal culposa o condutor que ofende a integridade corporal ou a saúde de outra pessoa, por imprudência, negligência ou imperícia, ou seja, sem a intenção de produzir o resultado.