< Back

Após vacinação, cartórios de Catanduva registram aumento de 18% nos casamentos

Foram 526 celebrações civis este ano, frente a 443 matrimônios no ano passado

Image-empty-state_edited_edited_edited.p

Foto: ARQUIVO PESSOAL - Casal que trabalha em casamentos trocou alianças em outubro de 2021

Guilherme Gandini
Editor-Chefe
Publicado em 24/11/2021

Impulsionados pela confiança proporcionada pelo aumento da vacinação e pela diminuição do número de óbitos causados pela Covid-19, os casamentos voltaram a crescer em Catanduva após a queda expressiva registrada no ano passado.

De acordo com levantamento feito pelo Jornal O Regional no Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados nacionais administrada pela Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil (Arpen/BR), o aumento foi de 18,7% nos dez primeiros meses deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Foram 526 celebrações civis de janeiro a outubro deste ano, frente a 443 matrimônios realizados no ano passado. A alta ficou ainda mais evidente a partir de abril – a partir daí, todos os meses tiveram mais casamentos do que no ano anterior, com destaque para maio, setembro e outubro.

Marcos Fornazari e Giovana Ronchi, que trabalham com filmagens de casamentos em Catanduva, deixaram as câmeras de lado para virarem protagonistas da cerimônia realizada em 16 de outubro: eles trocaram alianças, depois de mais de 7 anos de relacionamento.

“A gente marcou a data do casamento antes da pandemia e depois aguardamos para ver como estaria. Em todos os contratos que a gente fechou, demos o sinal e colocamos uma cláusula para possível mudança de data ou devolução do dinheiro em caso de adiamento”, conta Fornazari.

Mesmo favorecidos pela escolha de uma data mais distante, eles ainda tomaram precauções na cerimônia religiosa e na recepção aos convidados. Todos receberam um frasco de álcool em gel, havia máscaras à disposição e luvas descartáveis para uso no buffet. O salão foi ocupado com apenas um terço da capacidade. “A gente tomou todos os cuidados possíveis”, diz.

Na atuação profissional, o casal confirma os números do levantamento de O Regional. “A gente percebe uma alta nas festas e na participação de pessoas. No ano passado a gente fez alguns casamentos, mas foram só cerimônias religiosas, com quantidade de pessoas bem limitada, chegamos a fazer casamento com 15 pessoas, bem abaixo do que está acontecendo agora.”

A demanda aumentou de forma significativa, segundo o profissional, na segunda quinzena de julho. No comparativo traçado pela reportagem, em agosto, setembro e outubro de 2020 foram 166 matrimônios, ao passo que este ano foram contabilizados 217 no mesmo trimestre – alta superior a 30%. O “boom” das festas também envolve aniversários de 15 anos.

"Chegando ao número de 70% da população de São Paulo vacinada, os cidadãos se sentem mais seguros para retomar os atos essenciais de sua vida, sendo que o casamento é um dos sonhos mais esperados e aguardados por todos", explica Luis Carlos Vendramin Junior, presidente da Arpen/SP. "Os Cartórios já começaram a sentir este aumento da procura nos últimos meses, que deve se tornar ainda intensa agora em dezembro, já que o último mês do ano é sempre o mais procurado pelos noivos", completa.

Esta retomada acontece às vésperas de dezembro, tradicionalmente o mês onde é realizado o maior número de casamentos no Brasil, sendo o preferido para as celebrações, uma vez que coincide com as férias coletivas de trabalhadores, férias escolares das crianças, assim como o recebimento do 13º salário, sendo o período ideal para as cerimônias e viagens de lua de mel.

Mesmo diante da diminuição dos casos da Covid-19, os protocolos de segurança sanitária para as celebrações seguem mantidos nos cartórios, como o limite de pessoas, o distanciamento, a exigência de máscara e distribuição de álcool em gel, medidas que também fazem com que os noivos se sintam mais seguros para retomar os planos adiados por causa da pandemia.

HISTÓRICO

De acordo com os dados do Portal da Transparência do Registro Civil, foram 561 casamentos em Catanduva em 2020, 752 em 2019, 768 em 2018, 834 em 2017, 925 em 2016 e 888 em 2015. Neste ano de 2021, foram 526 de janeiro a outubro e 574 até 19 de novembro.