Catanduva, quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Cidades

Apae Catanduva Inicia Procedimento Para Firmar Termo de Colaboração

Repasse de R$ 100 milhões deve ser encaminhado para associações paulistas

publicado em 01/12/2016 às 07:45

imprimir

APAE iniciou o procedimento para firmar o termo

APAE iniciou o procedimento para firmar o termo

Cíntia Souza
Da reportagem local

A Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) iniciou o procedimento para firmar o Termo de Colaboração com a Secretaria de Educação do Estado. Até a segunda metade deste mês, o Estado não teria renovado uma parceria anual que era realizada em setembro. Diante da situação, a Apae Catanduva não descartou corte nas vagas para 2017. A ausência de novidades sobre a parceria teria causado preocupação da entidade que havia comunicado, inclusive, os pais. Um repasse de R$ 100 milhões para a manutenção deve ser encaminhado ao longo de 2017 para as associações paulistas. São mais de 20 mil alunos que dependem do repasse em todo Estado.  
Segundo informações da Diretora da Apae, Maura Guerreiro, a Federação realizou o comunicado para a preparação da documentação para o credenciamento com a Secretaria de Educação do Estado. O documento deve ser protocolado até terça-feira (6). “Nós já estamos providenciando os documentos e estaremos levando nossa documentação e das Apaes que pertencem ao nosso conselho. Serão fases, primeiro vai ser feito o credenciamento, depois haverá outra Resolução como será o procedimento para cadastramento dos alunos. Estamos com boas expectativas, trabalhando muito, pois a documentação é extensa e o prazo curto, mas tudo o que foi pedido temos em dia e organizado isto nos alivia”, informa Maura. 
A Apae Catanduva atende atualmente 340 pessoas com deficiência. Desse número total, 260 fazem parte da Escola de Educação Especial. Segundo a Dirigente Regional de Ensino, Maria Aparecida Cheruti a resolução sobre o processo de credenciamento, das organizações das Apaes com a Secretaria de Estado da Educação foi publicada no dia 23 de novembro. Cheruti diz que a resolução com as orientações sobre o processo de credenciamento foi encaminhado para a Apae de Catanduva e de Novo Horizonte que são de responsabilidade da Diretoria. A Associação de Novo Horizonte tem 94 alunos que recebem o repasse. 
“A seguir após a Secretaria de Estado da Educação receber o manifesto de interesse das Apaes, a mesma celebrará os Termos de Colaboração, para a promoção do atendimento de educandos com deficiência intelectual, deficiência múltipla associada a deficiência intelectual, que necessitem de apoio permanente-pervasivo, ou para atendimento de educandos com Transtorno do Espectro Autista. Após a solicitação de credenciamento, tanto a Apae de Catanduva como a de Novo Horizonte encaminharão os documentos necessários para a formalização do Termo de Colaboração. Esta Diretoria de Ensino fará as orientações que se fizerem necessárias para que ambas Apaes tenham sucesso e continuem parceira da Secretaria de Estado da Educação”, informou Maria Aparecida.
  • Apae Catanduva Inicia Procedimento Para Firmar Termo de Colaboração
  • Apae Catanduva Inicia Procedimento Para Firmar Termo de Colaboração

veja também

0 Comentário(s) + Escrever Comentário

NINGUÉM COMENTOU AINDA

acompanhe O REGIONAL

edição digital