Catanduva, quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Opinião

O Peru E O Dia De Ação De Graças

Por: José Carlos Buch

publicado em 27/11/2016 às 07:45

imprimir

O Dia Nacional de Ação de Graças, conhecido em inglês como “Thanksgiving Day”,  transcorrido no último 24  é, depois do natal,  o feriado nacional  mais importante dos Estados Unidos. É considerado um dia de gratidão a Deus, com orações e festas, pelos bons acontecimentos ocorridos durante o ano. A primeira celebração se deu em Plymouth, Massachusetts, pelos colonos que fundaram a vila em 1620. No ano seguinte, depois de más colheitas e inverno rigoroso, os colonos tiveram uma boa colheita de milho no verão de 1621. Por ordem do governador da vila, em homenagem ao progresso desta safra em anos anteriores, a festa foi marcada no início do outono de 1621. Homens de Plymouth mataram patos e perus. Outros alimentos que faziam parte do cardápio foram peixes e milho. Cerca de noventa índios também participaram do festival. Todos comeram ao ar livre em grandes mesas. Mas em 1939, o presidente Franklin Delano Roosevelt instituiu que este dia seria celebrado na terceira semana de novembro, a fim de ajudar o comércio, aumentando o tempo disponível para propagandas e compras antes do Natal (na época, era considerado inapropriado dispor produtos publicitários à venda antes do dia de Ação de Graças). Como a declaração de Roosevelt não era mandatória, 23 estados adotaram a medida instituída por Roosevelt e 22 não o fizeram, com o restante tomando ambas quintas-feiras (a terceira e a quarta semana de novembro) como Dia de Ação de Graças. O Congresso dos Estados Unidos, para resolver esse impasse, então instituiu que o Dia de Ação de Graças seria comemorado definitivamente na quinta-feira da quarta semana de novembro e que seria um feriado nacional. Tanto nos Estados Unidos como no Canadá, Dia de Ação de Graças, onde  foi declarado feriado nacional em 1957 e comemorado na segunda segunda-feira de outubro,  é geralmente um dia em que as pessoas usam seu tempo livre para estar com a família, fazendo grandes reuniões e jantares familiares. É também um dia em que muitas pessoas dedicam seu tempo para pensamentos religiosos, orações e missas. Também é comemorado com grandes desfiles e  realização de jogos de futebol americano. O prato principal do Dia de Ação de Graças geralmente é o peru, o que dá a essa celebração o apelido de "Dia do Peru". Além disso, os cookies também são muito tradicionais nessa data. As famílias podem assistir ao desfile da loja de departamentos Macy’s em Nova York ou às partidas de futebol americano por todo o país. O dia de Ação de Graças marca o início da temporada de compras de Natal. Uma prática moderna bem-humorada é o “perdão” anual de um peru pelo presidente dos EUA, poupando assim o bicho de acabar na mesa de jantar. A ave indulgenciada passa a viver feliz em um zoológico. No Brasil, o então presidente Gaspar Dutra instituiu o Dia Nacional de Ação de Graças, através da lei 781, de 17 de agosto de 1949, por sugestão do embaixador Joaquim Nabuco, entusiasmado com as comemorações que vira em 1909, na Catedral de São Patrício, quando embaixador em Washington. Em 1966, a lei 5110 estabeleceu que a comemoração de Ação de Graças se daria na quarta quinta-feira de novembro. Esta data é lembrada por muitas famílias de origem americana, por algumas denominações Cristãs Protestantes, como a Igreja Luterana IELB (de origem americana), a Igreja Presbiteriana, a Igreja Batista, a Igreja Metodista, universidades confessionais metodistas e cursos de inglês. Também celebram igrejas evangélicas como a Igreja do Evangelho Quadrangular. Apesar de não feriado nacional, o Dia de Ação de Graças começou a ser comemorado em 1976,  com transmissão ao vivo de uma cerimônia realizada na sede do Bradesco, na Cidade de Deus(Osasco), por iniciativa de Amador Aguiar que,  era presbiteriano. Esse evento se repetiu por décadas, sempre com transmissão ao vivo pela TV.  O dia de Ação de Graças, contudo,  nos dias atuais não tem, em nosso país,  a mesma projeção  do que o “halloween”, comemorado na noite do dia 31 de outubro que, incorporado pelas escolas de inglês, cada ano, ganha mais repercussão e até mesmo desfile nas grandes cidades. Pelo visto estamos trocando o agradecimento a Deus pela fantasia e máscaras de monstros. Até nisso não estamos andando bem, não é mesmo?   
       
José Carlos Buch
advogado tributário 
www.buchadvocacia.com.br
buch@buchadvocacia.com.br

veja também

  • Miopia na educação

    Por: Reinado A. Moura

    08/12/2016 às 07:45

  • Perceber o outro

    “Organizado por parcerias entre órgãos públicos e instituições da sociedade civil, o evento promove atividades em ruas, praças, parques, museus e teatros em todo o estado.”

    08/12/2016 às 07:45

  • Dias de Tensão

    “O fim de ano promete ser de turbulência com discussões de projetos importantes e os avanços nas investigações da Lava Jato.”

    08/12/2016 às 07:45

  • Febre amarela

    Três casos de febre amarela em macacos são confirmados em Catanduva

    08/12/2016 às 07:45

0 Comentário(s) + Escrever Comentário

NINGUÉM COMENTOU AINDA

acompanhe O REGIONAL

edição digital