Catanduva, quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Cidades

Inclu’Arte Promove Ação ao Dia de Combate ao Câncer Hoje

Festival Inclu’Arte segue com apresentações até o dia 10 de dezembro

publicado em 27/11/2016 às 07:40

imprimir

FESTIVAL Inlu’Arte continuará na cidade até o dia 10 de dezembro

FESTIVAL Inlu’Arte continuará na cidade até o dia 10 de dezembro

Karla Sibro
Da reportagem local

O Festival Inclu’Arte promove a ação social em comemoração ao Dia de Combate ao Câncer hoje (27) em Catanduva. A ação “Cabelo Solidário” acontecerá entre as Praças das Matriz e Nove de Julho (Rua Cuiabá), às 17h30 e recebe o apoio dos cabeleireiros Vasco e Júnior. Durante a ação serão cortados cabelos de crianças que serão doados para uma instituição de São José do Rio Preto que faz perucas para crianças com câncer.
Também serão discutidos os assuntos relacionados à doença que atingi crianças, jovens, adultos e idosos em todo o mundo.
“O Festival quer despertar, através do diálogo que a Arte possibilita, a oportunidade das pessoas reavaliarem preconceitos cotidianos que segregam, distanciam e anulam a boa convivência social. Esse evento é totalmente gratuito”, informa o idealizador do projeto Lucas De Lucca.
A iniciativa é realizada pelo Sobrado Verde Produções, Cia Os Bardoso de Improviso, Cia F.U.A. (Feitos Unicamente de Arte) e Cia Às Claras.
O evento é gratuito, mas os organizadores pedem uma entrada solidária para quem puder doar, um produto de higiene ou de limpeza que será repassado para a AVOIAM que atende duas casas de apoio: uma em Catanduva e outra em Barretos.
O Festival Inclu’Arte de Catanduva iniciou sua programação no último dia 20 e segue até o dia 10 de dezembro e tem como objetivo gerar a inclusão social e cultural.
“No período em que acontece o festival, de 20 de novembro a 10 de dezembro, importantes datas de conscientização pública estarão contempladas na programação. Para o conhecimento de todos no dia 20 de novembro abordamos sobre o Dia da Consciência Negra; no dia 25 de novembro sobre o Dia Internacional do Doador de Sangue. Hoje (27) estaremos abordando o Dia do Combate ao Câncer. No próximo dia 1º de dezembro falaremos sobre o Combate a AIDS. Já no dia 3 de dezembro sobre o Dia da Pessoa com Deficiêcia. No dia 10 encerraremos o festival abordando sobre o Dia Internacional dos Direitos Humanos”, informa Lucca.
Durante a programação, os organizadores estão proporcionando eventos tais como, “Vamos falar sobre... Inclusão”, uma roda de conversa aconteceu na Praça da Matriz sobre a questão da igualdade revendo os padrões sociais; as peças: “Viúva, porém honesta”, da Cia Lona’zul com a Cia Às Claras e “Candim” da Cia da Casa Amarela; o desfile “Black Queen”, um desfile de modas contemplando a beleza negra; a Mostra de Curta-metragens regionais dentre outros.
“E, na última terça (22) pela tarde, o festival contou com uma ação teatral bem inusitada, o público que transitava pelas proximidades da Praça da Matriz e da Praça da República, foi surpreendido por algo diferente. Nesses 21 dias de agenda, essa grande festa das artes e para sociedade, contará com bons momentos de interação tanto entre artistas e plateia, mas principalmente, levará o grande público a refletir sobre a condição dos negros, dos pacientes com câncer, do público LGBTTs e das pessoas com deficiência”, ressalta o idealizador. 
A intervenção “Quem você Abraçará?”, realizada pelo Senac Catanduva, organizada pelo professor de teatro Lucas De Lucca e com auxílio dos professores Felipe Brida e Thales Maniezzo, levou às ruas, por meio dos alunos da turma IV do Técnico em Arte Dramática, 12 tipos sociais em busca de abraços e, principalmente, o desejo de quebrar preconceitos.
“Essa ideia iniciada dentro de sala de aula se baseou na campanha “Free Hugs” (Abraços Gratuitos). Porém com uma mudança. Por se tratar de um curso técnico de arte dramática, esses 12 alunos-atores foram orientados, a partir da visão que eles mesmos tem da sociedade, a escolher alguns tipos socias que sofrem alguma forma de preconceito. A partir da observação desses alunos surgiram esses seguintes alvos de preconceito: catador de recicláveis, cego, evangélico, idoso, mendigo, paciente com câncer, paciente em tratamento de hanseníase, paraplégico, pessoa com paralisia cerebral, surdo, tatuado e travesti. A intervenção abordava os passantes buscando abraços para gerar reflexão e reavaliação dos preconceitos cotidianos”, explica Lucca.
SERVIÇO
Para acompanhar a programação completa do Inclu’Arte basta acessar o link: www.facebook.com/FestIncluArte. O Festival quer despertar, por meio do diálogo que a arte possibilita, a oportunidade das pessoas reavaliarem preconceitos cotidianos que segregam, distanciam e anulam a boa convivência social.
  • Inclu’Arte Promove Ação ao Dia de Combate ao Câncer Hoje
  • Inclu’Arte Promove Ação ao Dia de Combate ao Câncer Hoje

veja também

0 Comentário(s) + Escrever Comentário

NINGUÉM COMENTOU AINDA

acompanhe O REGIONAL

edição digital