Catanduva, quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Cidades

Emesp – Tom Jobim Abre Inscrições Para Processo Seletivo 2014

São 50 opções de cursos de Formação Instrumental de música erudita e popular

publicado em 17/11/2013 às 11:42

imprimir

SÃO 50 opções de cursos de Formação Instrumental em música erudita e popular

SÃO 50 opções de cursos de Formação Instrumental em música erudita e popular

A Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim (Emesp), instituição do Governo do Estado, está com as inscrições abertas para o processo seletivo de 2014. A instituição oferece 50 opções de cursos de Formação Instrumental em música erudita e popular, além de formações em Composição, Regência Coral, Ópera Estúdio e Música Antiga.
No total, são mais de 600 vagas para os Cursos de Formação Continuada e Avançada, divididos em quatro ciclos e quatro diferentes níveis de Cursos Livres Preparatórios. Os níveis dos cursos são destinados a diferentes perfis de estudantes, como faixa etária e habilidades musicais. 
Cada candidato pode se inscrever em até dois cursos, de Formação e Livre Preparatório de Instrumento. Lembrando que as inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 28 de novembro pelo site da escola (www.emesp.org.br). O resultado final será divulgado no dia 15 de janeiro de 2014, na página da Emesp.
EMESP
A Emesp é referência no ensino musical no Brasil há mais de 20 anos. Hoje com 1.800 alunos, oferece cursos gratuitos, livres e regulares, para todas as idades e níveis de conhecimento, das crianças à 3° Idade, e da iniciação musical à formação profissional.
Em 2009, sob gestão da organização social Santa Marcelina Cultura, a EMESP passou por uma reformulação, que gerou melhorias em sua estrutura, com a instalação de isolamento acústico em salas de aulas, aquisição e modernização dos equipamentos. 
A nova gestão também implementou um sistema de intercâmbio com outras instituições de ensino do Brasil e do exterior, além de um novo modelo pedagógico na Escola. Os principais objetivos da escola são formar e aperfeiçoar crianças, jovens e adultos na área da música erudita e popular conforme faixas etárias, nível de conhecimento musical e interesses de aprendizagem. 
Karla Sibro
Da reportagem local
Foto: Divulgação

0 Comentário(s) + Escrever Comentário

NINGUÉM COMENTOU AINDA

acompanhe O REGIONAL

edição digital