Catanduva, quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Cidades

Dígito 9 é Acrescentado na Frente dos Números de Telefone Celular

O objetivo é ampliar os recursos de numeração do serviço móvel

publicado em 25/08/2013 às 14:12

imprimir

A partir de hoje, quem precisar fazer uma ligação para celular terá que acrescentar o dígito nove na frente do número do telefone

A partir de hoje, quem precisar fazer uma ligação para celular terá que acrescentar o dígito nove na frente do número do telefone

A partir de hoje será acrescentado o dígito 9 na frente do número do telefone celular. Mais de 2,7 milhões de linhas de aparelhos móveis, da área de cobertura do DDD 17, receberão o nono dígito. Para realizar uma chamada para um celular é fácil, é só o usuário acrescentar o dígito 9 na frente do número atual da outra pessoa.

Segundo a ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações), o novo dígito faz parte do processo de aumento da disponibilidade de linhas telefônicas para celulares. Com isso, as combinações aumentam de 38 milhões para 90 milhões de números que formam uma linha telefônica.

Os usuários foram comunicados sobre a mudança por meio de mensagens enviadas pelas operadoras sobre o acréscimo do dígito no número. O dígito será acrescentado também aos telefones móveis com DDDs 12, 13, 14, 15, 16, 18 e 19.

A previsão da ANATEL é de que o dígito 9 seja implantado em todas as regiões do país até 2016. As linhas do DDD 11 foram as primeiras a receberem o novo dígito — julho do ano passado.

Mas a mudança não tem agradado muito os usuários. Eudiene Barreto Abreu, 19 anos, é uma das pessoas que não concorda com o acréscimo de mais um número do telefone celular. “Até acostumar, esse novo dígito vai atrapalhar um pouco. Mas fazer o que, se é preciso”, disse Eudiene.

Jaqueline Novaes, 18 anos, também não é a favor do nono dígito. “Esse número nove vai prejudicar, pois quem já tem a agenda cheia de contatos, até atualizar tudo”, contou Jaqueline.

“É mais uma complicação criada pelas operadoras, mas acredito que não vai mudar tanta coisa assim. Eu só penso no trabalho que vamos ter para atualizar os contatos da agenda telefônica”, disse Mirian Roberta Costa, 14 anos.

Mateus Miranda, 19 anos, defende que os jovens não terão muita dificuldade em se adaptar a mudança, mas será complicado para os idosos. “Pessoas com mais idade já tem dificuldade para mexer nos aparelhos celulares, imagine agora”, disse Mateus.

“Acho que não tinha necessidade de fazer isso. Vai ser só para confundir mais a gente”, disse Jaqueline Aparecida da Silva Vieira, 22 anos.

Os números de telefone fixo e rádios não sofrerão com as mudanças. O acréscimo do número não terá nenhum tipo de custo e é de total responsabilidade das operadoras de telefonia celular informar seus clientes sobre a mudança.

Os usuários terão de alterar os números da agenda para que possam efetuar ligações e enviar torpedos. Já existem aplicativos que fazem à alteração automática ao fazer uma ligação. Os aplicativos estão disponíveis para download para smartphones com sistema Android ou IOS.

ADAPTAÇÃO

De acordo com a ANATEL, os usuários precisam de um tempo para adaptação. Por conta disso, as ligações só deixarão de serem completadas depois de 40 dias da mudança. O prazo também é válido para o envio de mensagens de texto.

Durante este período, os usuários continuarão realizando ligações com os oito dígitos. A estimativa é de que as ligações e envio de mensagens com oito dígitos sejam feitos normalmente até 3 de setembro.

DECISÃO

A mudança foi definida após uma reunião do Conselho Diretor da ANATEL, em dezembro de 2011. Durante a discussão, foi avaliada a possibilidade de criar um novo código de área para São Paulo, além do usado nas ligações interurbanas, o órgão estudou a implantação do DDD 10. Sem um consenso, foi decidido pela adição de um nono dígito nos números de aparelho celular.

Guilherme Vila Real

Da Redação Local

2 Comentário(s) + Escrever Comentário

  • Renato, em 25/08/2013 às 14:47 diz:

    Muito mais interessante seria que as chamadas entre celulares tivessem códigos de área diferentes das do telefones fixos, para não serem tarifadas suas chamadas, como ocorre em tantos outros países. De celular para celular sempre como chamada local.

    responder

  • jose cascão, em 25/08/2013 às 17:22 diz:

    é só baixar o aplicativo "nono digito" da internet (é gratis) e ele atualiza automaticamente toda a agenda dos telefones celulares.

    responder

acompanhe O REGIONAL

edição digital